Dois operativos passam à Red Bear.

22 12 2014

Os Master Sergeant Bulldog e Neutrik passam para a fação Red Bear por falta de inatividade, sabemos que isto é apenas uma situação temporária e que brevemente vão voltar mais fortes que nunca.

Anúncios




Op Artemisa – Um novo estilo de jogo que é um sucesso

22 12 2014

A Op Artemisa nasceu na verdade há alguns meses mediante uma conversa entre a Spetsnaz da necessidade de renovar os barracões por forma a fugir a um jogo que se encontrava viciado de tantas vezes repetido.
Identificada a necessidade começamos a trabalhar no sentido da inovação adquirindo material e dedicando tempo de treino da equipa para a construção de adereços e aperfeiçoamento do seu uso.
No mês de Outubro fizemos rapel do sítio de entrada de jogo para saber a possibilidade do mesmo, experimentar as várias formas de o fazer e limpar o local de qualquer obstáculo.
No mês de novembro estivemos a fazer as escadas de corda e de escalada.
No mês de dezembro estivemos no terreno a testar o material em vários pontos de várias formas para assegurar o seu máximo uso em jogo e segurança.

No dia antes do jogo estivemos de manhã no local a limpar mato, colocar o material e a construir bunkers e escadas de madeira reforçadas, tapando e sinalizando buracos e outras zonas de perigo. Da tarde estivemos a ensinar como usar os vários acessórios de jogo e como fazer rapel usando várias técnicas de descida.

O jogo em si consistia na conquista de cinco bandeiras ordenadas espalhadas no campo, na defesa tinha dois spetsnaz e um recruta, sendo que um membro da organização estava permanentemente na zona de entrada em jogo controlando a segurança e tempos de entrada servindo de spotter para concentrar a defesa potenciando a ação de jogo visto que existia grande disparidade de número entre defensores e atacantes embora se tenha notado que esta diferença de números foi desperdiçada devido à inicial falta de comunicação entre os atacantes que permitiu à defesa com um melhor trabalho de equipa fazer durar o jogo acima do esperado.

A entrada no terreno era feito ou por recurso a rapel que representava a entrada de Heli sendo uma entrada instantanea, quem não estivesse à vontade com este tipo de entrada dinâmica tinha como opção entrar no terreno após um tempo de espera de 10 minutos que representava o transporte por APC. Julgo que houve pessoal que não se importou nada de ser eliminado só para descer mais uma vez

Cada objetivo tinha o seu ponto forte e fraco, estando as bandeiras estratégicamente espalhadas pelo terreno de forma a permitir um maior desafio, a conquista de cada bandeira podia apenas ser feita por dois jogadores num raio de 1 metro da mesma, após a qual um jogador poderia transportar a bandeira para a sua base de entrada retirando a mesma do terreno. A bandeira poderia ser recuperada pela defesa durante o seu transporte sendo reposta na sua posição original, algo que na terceira bandeira aconteceu por duas vezes para grande desânimo dos atacantes.

A defesa tinha duas posições de respawn instantâneo nos extremos do terreno pretendendo-se deixar um corredor de ação à equipa de ataque, apesar de parecer que se limitava a movimentação do ataque no terreno na realidade foi a defesa que ficou limitada pois teve que evitar este corredor devido ao seu perigo obrigando a a um trajeto maior para a defesa do objetivo algo que foi patente no reforço da quarta bandeira.

Pretendemos um jogo em cujo dinamismo, ação e trabalho de equipa fosse essencial para o bom sucesso da missão, julgamos o ter conseguido junto com uma pequena dose de inovação que trouxe uma nova vida a um já antigo terreno de jogo.